Navigation

Justiça ordena prisão de ex-presidente peruano por caso Odebrecht

(Arquivo) Foto mostra o agora ex-presidente do Peru Pedro Pablo Kuczynski no Palácio Presidencial em Lima, capital do país, em 1 de setembro de 2017 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. abril 2019 - 14:12
(AFP)

O Poder Judiciário peruano ordenou nesta quarta-feira a detenção por dez dias do ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski, no âmbito de uma investigação por suposto crime de lavagem de dinheiro no escândalo de corrupção envolvendo a Odebrecht.

"O Terceiro Juiz de Instrução Preliminar ordenou a detenção preventiva de 10 dias contra o ex-Presidente Pedro Pablo Kuczynski, no âmbito da investigação que está sendo conduzida pelo alegado crime de lavagem de dinheiro no caso da Odebrecht", indica em um comunicou o Poder Judiciário.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.