Navigation

México e de El Salvador lançam plano de desenvolvimento para América Central

El presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador (D) y su contraparte de El Salvador, Nayib Bukele, asisten a la presentación del programa "Sembrando Vida, Plan de Desarrollo para la Migración" en Tapachula, estado de Chiapas, México, el 20 de junio de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 21. junho 2019 - 00:47
(AFP)

O presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador e seu par salvadorenho Nayib Bukele lançaram nesta quinta um programa de desenvolvimento econômico para a América Central com um investimento inicial de 30 milhões de dólares.

Os mandatários se encontraram na cidade mexicana de Tapachula, na fronteira com a Guatemala, ponto de passagem para centenas de milhares de centro-americanos que tentam chegar aos Estados Unidos escapando da pobreza e da violência.

"Iniciamos com mais de 30 milhões de dólares de transferência direta dentro de um programa que contempla mais de 100 milhões de dólares", disse o chanceler mexicano Marcelo Ebrard ao apresentar o programa elaborado pela Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) a pedido do México, Honduras, Guatemala e El Salvador.

Em sua etapa inicial, o programa, que faz 30 recomendações que buscam melhorar a qualidade de vida da região, contempla a plantação de mais de 200.000 hectares no sul do México, sem especificar de que cultivos se trata.

Será adotado um programa similar de mais de 50.000 hectares em El Salvador, acrescentou Ebrard.

López Obrador afirmou que a melhor ferramenta para combater a migração para os Estados Unidos é o desenvolvimento econômico.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.