Navigation

Países do Tiar ativam tratado para crise na Venezuela

Membros da Guarda Nacional venezuelana participam de exercícios militares no estado de Miranda afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 23. setembro 2019 - 22:41
(AFP)

Os países que formam o pacto de defesa interamericano Tiar decidiram nesta segunda-feira, por 16 votos, ativar o tratado, com o objetivo de "agir coletivamente" na crise da Venezuela, informou o ministro das Relações Exteriores da Colômbia, Carlos Holmes.

"Me permito informar que na reunião de consulta de ministros das Relações Exteriores, atuando como Órgão de Consulta do Tiar, se discutiu a resolução e, considerando-se essa resolução, ela foi aprovada com 16 votos a favor, um contra, uma abstenção e uma ausência", disse o chanceler à imprensa .

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.