Navigation

Sindicatos e estudantes protestarão contra violência policial na Colômbia

Manifestantes jogam objetos na polícia em Bogotá, em 10 de setembro de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. setembro 2020 - 17:27
(AFP)

Sindicatos, estudantes e organizações de direitos humanos anunciaram que se juntarão aos protestos contra a violência policial na Colômbia a partir desta quarta-feira, que na semana passada deixou 12 mortos e centenas de feridos por tiros.

O Comitê Nacional de Desemprego, que em 2019 participou das mobilizações que exigiam uma mudança de rumo do governo, programou até 21 de setembro uma série de ações de repúdio aos excessos da polícia.

"Estamos convidando todos os colombianos para uma luz de velas (protesto à luz de velas) e um panelaço nacional (...) contra a brutalidade policial que foi evidenciada no país", disse Diógenes Orjuela, presidente da Unidade Central dos Trabalhadores (CUT), em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.