Perspectivas suíças em 10 idiomas

Sutiã suíço inteligente pode ajudar a prevenir câncer de mama

SmartBra and students
Os alunos da EPFL desenvolveram o sutiã "SmartBra" com uma startup de Neuchâtel © 2020 EPFL

Estudantes suíços se associaram a uma startup local para desenvolver um "sutiã inteligente" para a prevenção do câncer.

“A nossa tecnologia de roupas inteligentes foi concebida para detectar o câncer nas fases iniciais. Ela utiliza um método não invasivo e indolor, baseado na monitorização frequente por ultrassons”, diz Hugo Vuillet, um dos alunos da equipe de desenvolvimento da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL).

Segundo a EPFLLink externo, os estudantes apresentaram o conceito do sistema no ano passado, em colaboração com a IcosaMed, uma startup de Neuchâtel fundada em março de 2019.  O sistema revelou-se tão eficaz que a empresa decidiu dar continuidade à parceria.

Ao contrário da tecnologia existente para o diagnóstico do câncer, que utiliza radiação, a tecnologia da IcosaMed emite ondas de ultrassom para realizar ecografias de células potencialmente cancerosas. As ondas de ultrassom são geradas utilizando sensores piezoelétricos, que são dispositivos que funcionam com a energia gerada quando é aplicada pressão sobre um material piezoelétrico. “Esta tecnologia é o que nos permite miniaturizar o sistema de diagnóstico do SmartBra para que o sutiã ainda seja confortável de usar e quase imperceptível”, diz Vuillet. Se o sistema detectar uma massa suspeita de células, ele vai alertar a usuária para que ela possa marcar uma consulta com um especialista.

“O nosso sistema pode fazer mais do que detectar o câncer – esperamos que um dia também possa agir preventivamente e emitir ondas de ultrassons quase contínuas e de baixa dose de forma controlada, de modo a estimular a apoptose na massa cancerígena”, diz o fundador e CEO da IcosaMed, Max Boysset. A apoptose refere-se ao processo de autodestruição das células.

Lançamento no mercado previsto para 2021

A EPFL diz que o “SmartBra” será inicialmente vendido para mulheres que já foram diagnosticadas com câncer, para que possam monitorizar o seu estado diariamente. Depois para mulheres com predisposição genética para o desenvolvimento do câncer e, eventualmente, a todas as mulheres.

“Neste momento, estamos no processo de angariação de fundos. Precisamos de um total de 4 milhões de francos (4,1 milhões de dólares): 1,5 milhão para finalizar o protótipo funcional que estamos construindo com o fabricante de alta tecnologia Turck DuotechLink externo, e 2,5 milhões para o lançamento inicial no mercado, atualmente previsto para 2021″, diz Boysset.

A EPFL diz que, se tudo correr como planejado, “o SmartBra poderá abrir caminho a outros produtos de elevado potencial utilizando têxteis inteligentes – como roupa íntima e bodysuits – para detectar e prevenir outros tipos de cânceres”.


Mostrar mais
A radiologist in Bern checks x-rays for signs of breast cancer

Mostrar mais

Nova técnica de ultrassom melhora a detecção do câncer de mama

Este conteúdo foi publicado em Uma sonda de ultrassom emite ondas sonoras que penetram no corpo. Como os órgãos e tecidos têm propriedades físicas diferentes, eles refletem as ondas de maneira diferente. O dispositivo analisa esses “ecos” e reconstrói uma imagem tridimensional do interior do corpo chamada ecografia, ou mais comumente, ultrassom e ultrassonografia. Normalmente, o dispositivo mede a intensidade…

ler mais Nova técnica de ultrassom melhora a detecção do câncer de mama

swissinfo.ch/fh

Notícias

Imagem

Mostrar mais

Mercado brasileiro de café atrai Nestlé

Este conteúdo foi publicado em Por meio de sua marca Nescafé, a empresa está focando especialmente nas necessidades e desejos do mercado jovem.

ler mais Mercado brasileiro de café atrai Nestlé
Imagem

Mostrar mais

FIFA abre portas para sair da Suíça

Este conteúdo foi publicado em A entidade máxima do futebol internacional lançou as bases formais para uma saída teórica de sua sede em Zurique.

ler mais FIFA abre portas para sair da Suíça
Imagem

Mostrar mais

Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Este conteúdo foi publicado em A Suíça planeja introduzir um banco de dados para os passageiros de voos para coletar e processar dados pessoais em uma tentativa de combater o terrorismo e crimes graves.

ler mais Suíça introduz banco de dados para passageiros aéreos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR