Navigation

Fórum Econômico Mundial adia para agosto seu encontro em Singapura

A transmissão local de Covid-19 em Singapura permaneceu em níveis insignificantes, de acordo com o WEF Keystone / Wallace Woon

A reunião anual do Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês) - que será realizada este ano excepcionalmente em Singapura - foi adiada por três meses. A conferência do WEF acontecerá agora de 17 a 20 de agosto.

Este conteúdo foi publicado em 04. fevereiro 2021 - 12:13
swissinfo.ch/ts

A pandemia do coronavírus forçou o WEF a transferir seu evento principal do resort de montanha suíço de Davos para a cidade-estado do sudeste asiático. Será apenas a segunda vez em 50 anos que o evento será realizado fora de Davos.

A 51ª reunião anual de líderes empresariais, políticos e da sociedade civil ocorrerá agora em Singapura entre 17-20 de agosto em vez de 25-28 de maio, anunciou o WEF na quarta-feira.

O encontro segue o sucesso do fórum virtual Davos Agenda, ocorrido em janeiro.
 

O WEF declarou que, embora o Fórum e o governo de Singapura tenham permanecido confiantes nas medidas em vigor para garantir uma reunião segura e eficaz, e a transmissão local do Covid-19 em Singapura tenha permanecido em níveis insignificantes, "a mudança no calendário da reunião reflete os desafios internacionais em conter a pandemia".

As atuais restrições globais de viagem haviam dificultado o planejamento de uma reunião presencial no primeiro semestre do ano, acrescentou o comunicado do WEF. "Além disso, as diferentes regulamentações de quarentena e transporte aéreo aumentaram o tempo necessário para garantir que os participantes globais possam fazer os preparativos para participar".

"Uma cúpula de liderança global precisa da participação de todos os atores globais", disse Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do WEF.


Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.