Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Euro 2012: esperança vence o jogo da Suíça

Barnetta, Lichtsteiner e Stocker Comemoram o primeiro gol da Suíça. Uma cena de alegria que há muito não se via.

Barnetta, Lichtsteiner e Stocker Comemoram o primeiro gol da Suíça. Uma cena de alegria que há muito não se via.

(Keystone)

Com o gosto amargo da derrota ainda na garganta, a seleção suíça consegue dar a volta por cima.

Com a vitória de goleada (4-1) em cima do País de Gales, na noite de terça-feira, na Basileia, a Suíça volta a sonhar com sua classificação na Eurocopa 2012.

1201 minutos de escassez!

Assim começa o “Le Matin”, da Suíça francesa, dando uma ideia do tempo - “uma eternidade” - que o país teve que esperar até encontrar o caminho da rede. O jogo na Basileia contra o País de Gales dessa última terça-feira ressuscitou a esperança em ver a Suíça no meio dos grandes da Eurocopa 2012. “Um alívio” para o “La Liberté”, de Friburgo, comentando que a seleção do pais já estava quase perdendo tudo que tinha para perder: jogos, qualificação, treinador, público e credibilidade. Só mesmo uma vitória, tão inesperada, como a de terça à noite seria capaz de salvar a honra da seleção do técnico Ottmar Hitzfeld. Mas as dúvidas persistem, e é o jornal de Lausanne, “24 heures”, que lembra que a equipe nacional tem agora poucos meses para inventar uma nova cara e aumentar seu nível, na esperança de se aproximar dos dois primeiros lugares do grupo. Uma aventura!

Frei erra o alvo

A entrada dos jogadores suíços, porém, foi convincente. Uma bola decididamente voltada para a frente. Hora de aproveitar em dobro. Isso antes que o tédio se instale num rastejo de quase uma hora. Valentin Stocker foi sem dúvida o bola cheia da vez, sem contar sua intervenção decisiva na defesa. Streller, sem bater um bolão, teve pelo menos o mérito de marcar o que foi sem dúvida o gol mais importante da noite. Quanto ao seu amigo Alex Frei, seu embate quase nulo no campo e sua deficiência em jogadas definidas são de enlouquecer. Que chute mal dado! Falta mesmo garra ao capitão, que acabou saindo vaiado pela torcida.

Bulgária é a próxima

Este sucesso deve, pelo menos, estimular algumas jogadas da Suíça antes do resultado da fase de qualificação de 2011. Com três pontos em três jogos, a equipe suíça, no entanto, ainda está longe da qualificação para o Euro 2012.

O Montenegro, quem sabe por sorte de principiante, não pára de surpreender na sua primeira campanha europeia, conseguindo um ponto na Inglaterra. Com isso, o país assume a liderança do grupo com dez pontos. Inglaterra em segundo com sete, embora ainda tenha um jogo pela frente.

Suíça e Bulgária ocupam o terceiro lugar e não vão poder pisar na bola se não quiserem ser barradas. Encontro decisivo então dia 23 de março, em Sófia.

Euro 2012, groupo G

Suíça - País de Gales 4-1 (2-1)

8'Stocker 1-0, 1-1 13'Bale, 21'Streller2-1, 82'Inler (P) 3-1, 4-1 89'Stocker.

Suíça: Benaglio (8'Woelfli), Lichtsteiner, Von Bergen, Grichting, Ziegler, Barnetta Inler, p. Schwegler (90'Fernandes), Streller Stocker, Frei (79'Derdiyok).

País de Gales: Hennessey, Blake (54'Ribeiro), Williams, Collins, Collins, Crofts, Edwards (77'Morison), Vaughan, King, Bale, Church.

Árbitro: Hamer / LUX

Basel: 26.000 espectadores


Inglaterra - Montenegro (0-0)


Ranking (12.10)
1. Montenegro 10/04
2. Inglaterra 07/03
3. Suíça 03/03
4. Bulgária 03/03
5. Gales 3 / 0

Aqui termina o infobox

Jogos programados

26/03/2011 Bulgária - Suíça

04/06/2011 Inglaterra - Suíça

06/09/2011 Suíça - Bulgária

07/10/2011 País de Gales - Suíça

11/10/2011 Suíça - Montenegro

Aqui termina o infobox

swissinfo.ch


Links

×