Navigation

França vai sediar a Eurocopa em 2016

O presidente da Uefa, o francês Michel Platini, anuncia a sede a Eurocopa 2016. Keystone

Oito anos depois da Suíça e da Áustria, a França vai sediar a Eurocopa 2016. O país ganhou a corrida contra a Turquia por apenas um voto no Comitê Executivo da Uefa, que é presidida pelo francês Michel Platini.

Este conteúdo foi publicado em 28. maio 2010 - 22:50

A Itália, que também havia se candidatado, não teve chances na votação desta sexta-feira (28/5), em Genebra. É a quinta vez que a França organizará um grande torneio de futebol.

A Eurocopa de 2016 será a primeira a ser disputada por 24 seleções. A de 1984, também na França, teve apenas oito equipes. Na ocasião, Michel Platini ergueu a taça. Nesta sexta-feira, ele mostrou o bilhete que deu à França o direito de sediar a competição daqui a seis anos.

Em 1938 e 1998, a França sediou a Copa do Mundo; em 1960 e 1984, a
Eurocopa. Nos dois últimos torneios em casa, em 1984 e 1998, a "equipe tricolore" conquistou o título. Zinédine Zidane, campeão mundial em 1998, foi garoto propaganda da nova candidatura francesa.

Um voto de diferença

A vitória dos franceses em Genebra foi apertada: 7 votos contra 6 dados à concorrente Turquia. O presidente da Uefa, Michel Platini, ficou "feliz" com a decisão. "Mas, como presidente, não é fácil. Se fôssemos uma entidade déspota, o resultado da votação teria sido 13 a 0. O Comitê Executivo mostrou que existe verdadeira democracia."

Pela segunda vez, a Itália não teve chances e foi eliminada no primeiro turno da votação com bem menos votos do que a França e a Turquia. Há três anos, a Uefa preferiu a Polônia e a Ucrânia como sede da Euro 2012 à Itália.

Ao contrário da incompreensível decisão de 2007 em favor dos candidatos do Leste Europeu, desta vez venceu a proposta mais equilibrada. Na França, a Uefa espera menos imprevistos do que poderia ser o caso na Turquia ou Itália, avaliou a agência suíça de notícias esportivas SI.

Planos de grandes obras

No entanto, também a França ainda não dispõe de todos os estádios necessários. Serão construídas quatro novas arenas (Lyon, Bordeaux, Lille e Nice) e completamente reformadas outras duas (Nancy e Estrasburgo). Em termos de estádios, a situação na Turquia e na Itália era ainda pior.

Os franceses apresentaram uma lista de 12 cidades-sedes: St-Denis (Stade de France), Paris, Marseille, Lyon, Bordeaux, Lille, Toulouse, Nice, St- Etienne, Lens, Estrasburgo e Nancy. Três cidades ainda poderão ser riscadas da lista, caso a Eurocopa seja disputada em apenas nove estádios.

Apoio total do governo

Um forte argumento a favor da França foi o apoio incondicional do governo. Durante a apresentação em Genebra, o presidente Nicolas Sarkozy fez um discurso ardente diante o Comitê Executivo da Uefa. "Na França frequentemente temos divergências. Nós discutimos muito. Mas num ponto há consenso. Queremos levar esta Eurocopa para a França."

Depois da escolha, Sarkozy prometeu que o país fará todo o possível para receber bem as 24 seleções. O governo francês vai gastar bem mais do que haviam prometido a Turquia e a Itália. Cerca de 1,7 bilhão de euros serão investidos em construção ou reforma dos 12 estádios e em infraestrutura das cidades-sedes. A Itália havia prometido "apenas" 750 milhões de euros para reforma dos estádios.

Contra a Turquia pode ter pesado o argumento de que a Uefa não quis correr novo risco depois da escolha da Polônia e Ucrânia para sediar a Euro 2012. A infraestrutura de transporte e turismo, sem dúvida, é melhor na França.

Nesse contexto, o presidente da Federação Alemã de Futebol, Theo Zwanziger, membro do Comitê Executivo da uefa, diese que "a primeira edição da Eurocopa com 24 equipes de qualquer forma envolve riscos. Aparentemente não se quis arriscar ainda mais".

swissinfo.ch com agências

Eurocopa 2016

A França planeja realizar a Eurocopa 2016 nas 12 seguintes cidades:

St-Denis, Paris, Marseille, Lyon, Bordeaux, Lille, Toulouse, Nive,
St-Etienne, Lens, Estrasburgo, Nancy.

Cerca de 1,7 bilhão de euros deverão ser investidos nos estádios e em infraestrutura.

End of insertion

Eurocopa 2102

A seleção suíça de futebol vai enfrentar a Inglaterra, Bulgária, País de Gales e Montenegro no Grupo G das eliminatórias à Eurocopa 2012, que será disputada na Polônia e na Ucrânia.

As eliminatórias ao torneio serão disputados nas seguintes datas:

2010
3, 4 e 7 de setembro
8, 9 e 12 de outubro

2011
25, 26 e 29 de março
3, 4 e 7 de junho
2, 3 e 6 de setembro
7, 8 e 11 de outubro

Repescagem
11 e 12 e 15 de novembro de 2011

End of insertion

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?