Navigation

Maioria dos suíços favorável à adesão à ONU

Dois meses antes apenas 48% diziam Sim swissinfo.ch

Sondagem realizada para TV suíça revela que 54% dos suíços votariam a favor da entrada do país nas Nações Unidas, em 3 de março. Indecisos de sondagem anterior decidiram votar "Sim"...

Este conteúdo foi publicado em 20. fevereiro 2002 - 11:36

Em relação a uma sondagem de 12 de dezembro, a percentagem de indecisos passou de 17 a 9% em fevereiro, segundo mostra pesquisa publicada na terça-feira pela Televisão da Suíça Alemã. No mesmo período, o número de pessoas que indicaram ser a favor da adesão saltou de 48 a 54%. Já os de que devem dizer « Não » variou pouco, passando de 35, em dezembro, a 37%, em janeiro e fevereiro.

Incógnita

O reforço da posição dos partidários das Nações Unidas só se explica pela crescente parte de indecisos que aderiram nas últimas semanas à causa, em momento em que o debate esquentou.

Os partidários da ONU não podem, porém, cantar vitória. Como para toda emenda constitucional no país, a adesão precisa ter dupla maioria de votos: dos eleitores e dos 26 Cantões (Estados). Ora, a sondagem avança hipótese de que o Sim vencerá em 9 cantões. Não basta. Tudo deverá depender então de como evoluirá a situação nos cantões da Suíça Central, região mais tradicionalista do país.

Sondagem prevista para breve pela TV da Suíça Francesa poderá fornecer indicações mais claras sobre como os suíços vão votar dia 3 de março.

Vale recordar que em 1986, os eleitores suíços rejeitaram ingresso do país na ONU por clara maioria.

swissinfo

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?