Navigation

A segunda vida dos tratores

Todo trator velho não acaba necessariamente como sucata. Na Suíça, apaixonados restauram e dão uma segunda vida a essas máquinas agrícolas do passado. Thomas Kern, fotógrafo do swissinfo.ch, foi ver de perto esses aficionados em um grande encontro no cantão da Argóvia.

Este conteúdo foi publicado em 25. setembro 2013 - 14:50

Dakota do Norte, uma região agrícola dos Estados Unidos. Foi aí que vi pela primeira vez, em um estacionamento na beira da estrada, velhos tratores John Deere completamente restaurados e pintados de verde e amarelo. Tipicamente americano, pensei. Quando voltei para a Suíça, em Möriken, um vilarejo agrícola onde cresci, um dos primeiros grandes eventos organizados foi um encontro de amantes de tratores antigos. O que eu achava que era uma coisa típica dos Estados Unidos, já existia há muito tempo na Suíça.
A maioria desses aficionados dedica um verdadeiro culto às velhas máquinas de seus pais ou avós. No celeiro ou na garagem, há sempre um ferro de solda, ferramentas e espaço de sobra. Os motores são projetados com simplicidade. Com um pouco de habilidade e paciência, pode-se reparar e restaurar praticamente qualquer tipo de trator.

Mas por trás desta tecnologia de fácil manejo, se esconde algo mais profundo: a expressão de um desejo por uma vida simples. Já que a agricultura não é mais o bastião da vida primitiva, os mecânicos amadores mergulham suas mãos na graxa para lembrar dos bons velhos tempos!
(Texto e fotos: Thomas Kern)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?