Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Objetivo para 2020 Associação de importadores de automóveis exige um aumento de quatro vezes em veículos elétricos

A organização suíça de importadores automotivos Auto-Suisse estabeleceu um objetivo "ambicioso" para o número de novos veículos híbridos ou elétricos que circulam nas estradas suíças: um em cada dez até 2020.

An electic car pictogram on a parking space at a supercharger station in Dietlikon, Switzerland

A falta de estações de carregamento é um desafio quando se trata de aumentar a proporção de veículos elétricos e híbridos nas estradas suíças

(Keystone)

Em 2017, a proporção de novos veículos elétricos na Suíça realmente aumentou, mas para um modesto 2,7%, o que significa que a fração atual deve quase quadruplicar em menos de três anos para alcançar o objetivo da Auto-Suisse.

Mas, como a organização enfatizou em uma declaração, apenas a consecução desse objetivo - bem como o crescimento de outras tecnologias alternativas de propulsão - permitirá que a Suíça atinja o limite de dióxido de carbono (CO2) de 95 gramas por quilômetro para veículos novos. Anunciado pelo governo suíço em 2012, esse limite deverá entrar em vigor em 2020.

A organização observou que o fornecimento de veículos de propulsão alternativas continua a aumentar. No entanto, acrescentou que ainda há "muito espaço para melhoria" em termos de infraestrutura (como mais estações de recarga para veículos elétricos) e tributação. Atualmente, os cantões suíços não fornecem, por exemplo, isenções fiscais para carros elétricos.


Geneva Motor Show Carros conceituais suíços predizem futuro

Os designers suíços estão atraindo a imaginação do público com carros de conceito futurista, agora em exibição no Salão Internacional do Automóvel ...


swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.