Navigation

Fechamento de escolas diminui infecções da Covid-19

O fechamento de escolas diminuiu a mobilidade e, com isso, a transmissão do vírus, revelou o estudo. Keystone / Salvatore Di Nolfi

O fechamento das escolas suíças na primavera de 2020 foi uma das medidas mais eficazes para reduzir deslocamentos e, consequentemente, a transmissão da Covid-19, diz um novo estudo.

Este conteúdo foi publicado em 11. janeiro 2021 - 06:30
swissinfo.ch/fh

Pesquisadores do Instituto Federal de Tecnologia ETH Zurich descobriram que o fechamento de escolas reduziu a mobilidade em cerca de um quinto, informaram os jornais dominicais Le Matin Dimanche e Sonntagszeitung.

"O fechamento das escolas reduziu a mobilidade em 21,6%", disse o professor de informática e administração da ETH Stefan Feuerriegel, que conduziu o estudo, à agência de notícias francesa AFP.

A equipe de pesquisa suíça analisou 1,5 bilhões de movimentos entre 10 de fevereiro e 26 de abril de 2020, utilizando dados das operadoras suíças de telefonia móvel para avaliar o impacto das medidas contra a Covid-19 na mobilidade. Todas as mudanças nas áreas de código postal foram levadas em consideração.

De acordo com o estudo, a proibição de reuniões de mais de cinco pessoas reduziu a mobilidade em 24,9%, enquanto que o fechamento de bares, restaurantes e outras lojas não essenciais trouxe uma queda de 22,3%, enquanto que o fechamento de escolas ficou logo atrás.

"Se as escolas forem fechadas, podemos esperar uma grande mudança de comportamento", diz Feuerriegel. "Não só as crianças ficam em casa, mas às vezes isso também significa uma mudança para os pais".

Le Matin Dimanche diz que o estudo provavelmente reacenderá a controvérsia sobre se as escolas devem ser fechadas para combater a disseminação da Covid-19. Enquanto os governos na Suíça e em outros lugares fecharam escolas durante a primeira onda da pandemia, desde então eles têm procurado mantê-las abertas se possível.

Estudos têm sugerido que o fechamento de escolas é prejudicial à educação, particularmente das crianças mais novas, e aumenta as desigualdades entre elas. E embora seja improvável que as crianças desenvolvam formas sérias de Covid-19, o papel delas na divulgação da doença permanece pouco claro.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.