Navigation

Apple anuncia mais transparência sobre dados coletados por aplicativos

A gigante americana da informática Apple começou nesta segunda-feira a adicionar notificações que especificam que dados pessoais são coletados pelos aplicativos que oferece em sua loja e como os mesmos são usados afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. dezembro 2020 - 03:23
(AFP)

A gigante americana da informática Apple começou nesta segunda-feira a adicionar notificações que especificam que dados pessoais são coletados pelos aplicativos que oferece em sua loja e como os mesmos são usados. A iniciativa deverá evoluir à medida que a empresa receber comentários dos usuários e desenvolvedores, indicou o grupo em nota.

A empresa definiu três categorias. No primeiro caso, indentifica "os dados usados no rastreamento", ou seja, coletados quando o usuário navega em aplicativos e sites de outras empresas, a fim de direcionar melhor seus anúncios ou medi-los ou compartilhá-los com empresas especializadas.

A segunda categoria inclui os "dados vinculados" ao usuário, obtidos através de sua conta ou dispositivo. Já a terceira categoria se aplica aos dados não associados ao internauta.

A Apple havia prometido em junho oferecer ao usuário que desejar baixar aplicativos em seus sistemas operacionais ou plataforma de TV um resumo claro de como planeja explorar seus dados. A ideia é permitir que o usuário tenha uma melhor compreensão de que informação é coletada e com que fim a mesma pode ser usada.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?