Navigation

Argentina tem recorde de infectados por coronavírus em apenas um dia

(3 agosto) Voluntários fazem visitas nos arredores de Buenos Aires para detectar pessoas com sintomas de coronavírus afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 21. agosto 2020 - 00:40
(AFP)

A Argentina registrou nesta quinta-feira 8.225 infectados pelo novo coronavírus, a maior cifra para um único dia desde que a pandemia foi declarada, anunciou o Ministério da Saúde do país. O número total de infectados subiu para 320.871, com 6.517 mortos e 233.651 recuperados.

A nova onda de contágios acontece três dias depois de uma nova marcha opositora no centro de Buenos Aires para pedir que o governo suspenda as medidas de isolamento social, que os manifestantes consideram uma forma de restringir a liberdade dos cidadãos.

A taxa de letalidade na Argentina é calculada em 115 por milhão de pessoas, em um país de 44 milhões de habitantes. As medidas de isolamento se mantêm, mas foram bastante flexibilizadas na região metropolitana de Buenos Aires e arredores, sendo mais rigorosas agora em províncias onde a circulação do vírus aumentou consideravelmente.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.