Navigation

Bordeaux acolherá em 2020 Copa do mundo de futebol de robôs

Uma partida de futebol na RoboCup de Nagoya, Japão, em 30 de julho de 2017 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. junho 2018 - 22:52
(AFP)

A cidade de Bordeaux, no sudoeste da França, acolherá em junho de 2020 a RoboCup, que reúne a cada ano robôs de todas as categorias provenientes de 40 países para se enfrentar, particularmente no futebol, informaram os organizadores nesta segunda-feira.

Com 90 cm de estatura, esqueleto de alumínio e os pés quadrados, o time Rhoban do Laboratório de pesquisa em informática de Bordeaux (Labri) obteve em dois anos consecutivos (2016 e 2017) o cobiçado título de campeão do mundo de futebol robótico na "Liga humanoide Kid-size".

Títulos que conseguiram convencer comunidades, universidades e poderes públicos da capital francesa do vinho a apresentar a candidatura de Bordeaux para 2020, que foi oficialmente eleita em Montreal (Canadá), onde nesta segunda-feira começou a edição 2018 da competição.

A RoboCup foi proposta em 1996 por um pesquisador japonês com o objetivo de estimular a pesquisa robótica com um desafio "louco", o de colocar em funcionamento, até 2050, um time de robôs totalmente autônomos, capaz de derrotar o time campeão do mundo dos humanos.

Desde então, os melhores robôs concorrem entre si todos os anos em provas diversas: partidas de futebol, mas também simulações de salvamento em catástrofes naturais, ajuda aos humanos no ambiente doméstico, aplicações industriais e etc.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.