Navigation

Cerca de 130 policiais de Hong Kong estão em quarentena por coronavírus

Passageiros usam máscaras de proteção em trem de Hong Kong afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. abril 2020 - 19:52
(AFP)

Cerca de 130 policiais do batalhão de choque de Hong Kong estão em quarentena, depois que dois colegas testaram positivo para o novo coronavírus, informou uma fonte policial neste sábado.

Um sargento de 46 anos que trabalhava no distrito de Kowloon testou positivo. Ele havia atuado em um protesto na última terça-feira. Outro oficial, 31, da mesma unidade tática, também foi infectado, no último domingo, após ir a um bar.

Segundo uma fonte policial, as instalações compartilhadas na base da polícia regional podem ser a fonte da infecção. Após a investigação, o departamento de Saúde do território decidiu colocar em quarentena por 14 dias, em um acampamento, cerca de 130 policiais.

O número de casos no território subiu hoje para 862, dos quais quatro mortos.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.