Navigation

Curdos entram na Síria a partir da Turquia para combater jihadistas

Combatente curdo usa binóculo, protegido por barreira, em Derik, na Síria, em 19 de outubro de 2013. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 15. julho 2014 - 18:01
(AFP)

Centenas de combatentes curdos chegados da Turquia entraram na Síria nos últimos dias para lutar contra os jihadistas do Estado Islâmico (EI) que sitiam Ain al Arab, terceira cidade curda da Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Ao menos 800 combatentes curdos procedentes da Turquia cruzaram a fronteira síria nos últimos dias para ajudar seus irmãos em Ayn al Arab, completamente sitiada pelos jihadistas do EI", confirmou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?