Navigation

EUA anuncia envio de mais 320 militares à fronteira com México

Construção de instalações para imigrantes na região de El Paso, Texas, em 26 de abril de 2019. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 30. abril 2019 - 00:53
(AFP)

O departamento americano de Defesa anunciou nesta segunda-feira o envio de mais 320 soldados à fronteira com o México para apoiar os agentes de imigração.

As tropas, que devem chegar à fronteira até o final de setembro, se somarão aos cerca de 2.900 militares e 2.000 membros da Guarda Nacional atualmente estacionados na fronteira.

O porta-voz do Pentágono, coronel Jamie Davis, disse que as tropas auxiliarão no transporte, monitoramento da saúde e custódia dos imigrantes, incluindo sua alimentação e aquecimento.

"Em qualquer situação que exija a presença do pessoal do departamento de Defesa próximo aos imigrantes, o pessoal da ordem pública do departamento de Segurança Interna (DHS, Department of Homeland Security) estará presente para realizar todas as funções de custódia e de cumprimento da lewi", destacou Davis.

Nos últimos meses, milhares de imigrantes chegaram ao México, especialmente centro-americanos que fogem da pobreza e da violência em seus países.

O presidente americano, Donald Trump, descreve este movimento como uma ameaça à segurança nacional.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.