Navigation

Fóssil de tigre dentes-de-sabre é vendido por US$ 84,2 mil em leilão

O esqueleto leiloado hoje foi descoberto no ano passado, em um rancho localizado no estado americano de Dakota do Sul afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 09. dezembro 2020 - 01:07
(AFP)

Um esqueleto praticamente completo de um tigre dentes-de-sabre de 40 milhões de anos foi vendido nesta terça-feira por 84,2 mil dólares durante um leilão organizado em Genebra.

Descoberto no ano passado, em um rancho localizado no estado americano de Dakota do Sul, o fóssil, de 1,20 m de comprimento e cerca de 40 cm de altura, foi vendido em um minuto, durante sessão dedicada à paleontologia. "O comprador é um colecionador particular suíço", informou à AFP a porta-voz da casa de leilões, Fanny Moncorgé. O esqueleto da espécie de Hoplophoneus, nome científico desse tipo de grande lince, está 90% completo.

O colecionador suíço Yann Cuenin ofereceu em leilão cerca de 40 peças de história natural. Uma barbatana de 85 cm de um mosassauro foi arrematada por 7.876 dólares. Já um dente de tiranossauro rex, o dinossauro mais conhecido, foi vendido por 5.625 dólares, o dobro do preço inicial.

As vendas ligadas à paleontologia não costumam ser do agrado de muitos especialistas, os quais consideram que muitos fósseis vendidos a particulares não fazem a ciência avançar.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?