Navigation

Forças israelenses matam palestino em confrontos na Cisjordânia

Palestinos observam área destruída após ataque israelense em Gaza afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 14. julho 2014 - 10:17
(AFP)

Um palestino morreu nesta segunda-feira em confrontos com o exército israelense na cidade de Hebron, ao sul da Cisjordânia, anunciou a família.

A vítima, identificada como Munir Ahmed Badarin, com idade por volta de 20 anos, foi atingido por tiros em confrontos perto de Al-Samua e morreu pouco depois no hospital.

O exército israelense não comentou a notícia da morte, mas anunciou a detenção de 23 palestinos na Cisjordânia durante a madrugada, como parte de uma operação para encontrar os responsáveis pelo sequestro e assassinato de três israelenses no mês passado.

Estes crimes, que Israel atribuiu ao grupo radical Hamas, e que foram seguidos pelo assassinato de um jovem por extremistas judeus, desencadearam o atual conflito entre Israel e o Hamas em Gaza.

A ofensiva israelense na Faixa de Gaza deixou 172 palestinos mortos, em sua maioria civis, até o momento.

Nesta segunda-feira, o governo da Arábia Saudita anunciou uma ajuda de emergência de 53,3 milhões de dólares às vítimas dos bombardeios israelenses na Faixa de Gaza.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?