Navigation

Itália retomará campanha de vacinação com AstraZeneca na sexta-feira

Mulher recebe vacina da AstraZeneca contra covid-19 em Brest, França, em 12 de março de 2021 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. março 2021 - 17:24
(AFP)

A Itália vai retomar na sexta-feira (18) sua campanha de vacinação contra a covid-19 com o produto da AstraZeneca, anunciou o primeiro-ministro Mario Draghi nesta quinta após a decisão do regulador europeu de considerar essa vacina "segura e eficaz".

"O governo italiano dá as boas-vindas às declarações da EMA (Agência Europeia de Medicamentos). O fornecimento da vacina AstraZeneca será retomado a partir de amanhã", disse Draghi em um comunicado.

"A prioridade do governo continua sendo a de realizar a maior quantidade possível de vacinações no menor tempo possível", explicou na nota.

Cerca de quinze países, entre eles a Alemanha, Espanha, França e Itália, suspenderam nesta terça-feira por precaução o uso da vacina AstraZeneca depois que foram registradas aparições de trombose sanguínea em pessoas vacinadas.

As autoridades desses países decidiram esperar a decisão da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que chegou à "conclusão científica" nesta quinta-feira de que é uma vacina "segura e eficaz", apesar de não descartar "definitivamente" um vínculo com problemas de coagulação excepcionais.

Segundo a Agência Italiana de Medicamentos (AIFA), após a decisão da EMA não há razões para suspender a vacinação, então a campanha será retomada na sexta-feira às 15h00 no horário local (11h00 em Brasília).

A Itália aplicou mais 7,2 milhões de doses da vacina desde o final de dezembro, mas apenas 2,2 milhões de pessoas receberam as duas doses, segundo dados do Ministério da Saúde.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?