Navigation

Japão terá novos postos para abastecer carros movidos a hidrogênio

A decisão ocorre em um momento em que a mais importante fabricante de carros japonesa, Toyota, prepara o lançamento, para março de 2015, de seu primeiro carro movido a pilha de combustível. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 16. julho 2014 - 20:24
(AFP)

O grupo de energia JX Holdings anunciou nesta quarta-feira que instalará no Japão novos postos de hidrogênio destinados a abastecer carros movidos à pilha de combustível, que devem chegar ao mercado em 2015.

A JX Holdings vai criar, em 1º de outubro, uma nova empresa, a Eneos Suiso, para instalar e administrar os postos de hidrogênio autônomos ou ambulantes (em caminhões especiais).

Outros postos de hidrogênio serão integrados aos postos de gasolina Eneos (marca da JX) já existentes.

Um primeiro lote de 19 postos (entre eles 14) está previsto na megalópole de Tóquio, na região central de Aichi e no sudoeste.

Segundo o jornal econômico Nikkei desta quarta-feira, o número de postos de hidrogênio da JX subirá para 40 até março de 2016 e depois para 100 antes de 2018.

A decisão de acelerar o movimento, tomada pelo JX, ocorre em um momento em que a mais importante fabricante de carros japonesa, Toyota, prepara o lançamento, para março de 2015, de seu primeiro carro movido a pilha de combustível por 7 milhões de ienes (67.000 dólares)

A Honda prevê lançar também, no ano que vem, nos Estados Unidos e no Japão, um novo modelo que usa esta tecnologia.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?