Navigation

OMS aconselha aos que tiveram contato com infectados que testem para COVID-19 mesmo sem sintomas

Reprodução de imagem de vídeo divulgado pela diretora técnica da OMS, Maria Van Kerkhove, durante coletiva de imprensa virtual na sede da organização, em Genebra, 6 de abril de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. agosto 2020 - 18:33
(AFP)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta quinta-feira(27) que aqueles que já estiveram em contato com infectados por coronavírus devem realizar testes para COVID-19 mesmo que não apresentem sintomas.

Nos Estados Unidos, autoridades de saúde indicaram na segunda-feira que os exames não são mais necessários para assintomáticos.

Maria Van Kerkhove, responsável pela direção técnica de combate à pandemia da OMS, disse que a agência recomenda que “os que tiveram contato, se possível, sejam examinados, independentemente do desenvolvimento ou não de sintomas”.

“Sabemos que quem tem sintomas o transmite (o vírus) e quem não tem sintomas também pode transmitir”, esclareceu.

Ela destacou a importância destes testes "para encontrar casos ativos, para que possam ser isolados e também para a rastreabilidade dos contatos".

A mudança nas diretrizes americanas foi realizada discretamente na segunda-feira no site do Centro para Prevenção e Controle de Doenças (CDC), enquanto a mídia noticiava interferência da Casa Branca nesse sentido.

O presidente Donald Trump afirmou repetidamente que seu país deveria fazer menos testes, considerando que os exames refletiam uma imagem ruim de sua gestão da pandemia.

Os Estados Unidos registram 5,8 milhões de infecções e quase 180.000 mortes.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.