Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon

(afp_tickers)

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, exigiu nesta sexta-feira a libertação imediata do soldado israelense sequestrado em Gaza e condenou "nos termos mais fortes as informações sobre a violação" do cessar-fogo pelo Hamas.

"O secretário-geral exige a libertação imediata e incondicional do soldado capturado", indicou seu porta-voz em um comunicado, ressaltando que a quebra da trégua em Gaza "prejudica a credibilidade do que o Hamas diz às Nações Unidas.

AFP