Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Manifestantes seguram uma bandeira palestina, em um protesto contra a ação israelense na Faixa de Gaza, em Madri.

(afp_tickers)

Grã Bretanha, França e Alemanha propuseram pontos chave para uma nova resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre Gaza, em mais uma tentativa de acabar com seis semanas de conflito, informaram diplomatas nesta quinta-feira.

O documento de duas páginas obtido pela AFP pede um imediato e sustentável cessar-fogo que acabe com o lançamento de foguetes e com as operações militares na Faixa de Gaza.

O texto também pede o fim do bloqueio israelense e a aprovação de um mecanismo de monitoramento que informe as violações do cessar-fogo e que verifique o fluxo de mercadorias na região.

A iniciativa europeia acontece após seis semanas de guerra. Há alguns dias, os bombardeios israelenses mataram três líderes do Hamas, enquanto as tentativas do Egito para promover as negociações de paz se encontram à beira do colapso.

Diplomatas disseram que a medida pretende fazer avançar os esforços para se chegar a um acordo entre os 15 membros do Conselho de Segurança. A ideia é que cheguem a uma resolução, depois da proposta da Jordânia ter encontrado resistência, principalmente por parte dos Estados Unidos.

Os pontos descritos no documento dispõem os parâmetros para o cessar-fogo, que abordariam os assuntos de segurança de Israel e as demandas palestinas.

Mais de 2.080 palestinos já foram mortos no conflito, a maioria civis, de acordo com funcionários da ONU.

AFP