Navigation

Parlamento apoia investigação do TPI sobre crimes contra a humanidade na Venezuela

Visão geral de uma sessão da Assembleia Nacional da Venezuela, em 9 de agosto de 2018 em Caracas afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 02. outubro 2018 - 22:53
(AFP)

O Parlamento da Venezuela, de maioria opositora, respaldou nesta terça-feira o pedido de um grupo de países ao Tribunal Penal Internacional (TPI) para que investigue possíveis crimes contra a humanidade por parte do governo do presidente Nicolás Maduro.

A Assembleia Nacional manifestou seu apoio a essa solicitação ao aprovar um aval ao TPI e às demais instituições e países que entraram com ações "em favor da defesa dos direitos humanos do povo venezuelano".

Os deputados decidiram enviar ao TPI "toda a documentação dos elementos de convicção que podem servir de sustentação a suas averiguações.

Em fevereiro passado, a comissão de política externa do Legislativo já havia enviado informações ao organismo.

O documento adotado nesta terça-feira será remetido ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, ao escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU e às embaixadas em Caracas dos países que apoiam a investigação do TPI.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.