Navigation

Polícia prende Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Fabrício Queiroz (D) chega ao Instituto Médico Legal (IML) em São Paulo, em 18 de junho de 2020, depois de ser preso afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. junho 2020 - 13:09
(AFP)

A polícia prendeu nesta quinta-feira (18) Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, no contexto de uma investigação de desvio de dinheiro na época em que o filho do presidente Jair Bolsonaro era deputado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Queiroz, de 54 anos, foi preso em Atibaia (interior do estado de São Paulo) na casa do advogado de Flávio Bolsonaro, informou o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP). Segundo a mídia, o advogado também presta serviços ao presidente Bolsonaro.

Queiroz, um ex-policial militar do Rio, deve ser transferido durante o dia ao Rio de Janeiro, onde as investigações estão centradas.

A operação foi realizada a pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro, "que investiga a participação de Queiroz em um esquema desvio de vencimentos de servidores do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro", disse o MPSP.

Segundo os responsáveis pela operação citados pela mídia, a polícia invadiu a casa onde estava Queiroz, derrubando a porta e apreendendo dois celulares em sua posse.

O caso veio à tona no final de 2018, depois que o órgão de Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) descobriu transações atípicas entre 2016 e 2017 em uma conta de Queiroz, por um valor de R$ 1,2 milhão (cerca de US$ 376.000 na variação média de 2017).

Em dezembro de 2019, a polícia invadiu vários imóveis pertencentes a Flávio Bolsonaro, seus ex-assessores da Alerj e à segunda ex-esposa do presidente Bolsonaro, em meio a investigação desse esquema, denominado "rachadinha".

O senador Bolsonaro denunciou na época uma "perseguição política" contra ele, com o objetivo de "atingir o presidente".

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.