Navigation

Presidente argentino aplica prova em seus alunos na faculdade de Direito

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, com seus alinos na Universidade de Buenos Aires, em 13 de dezembro de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 13. dezembro 2019 - 22:07
(AFP)

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, passou a manhã desta sexta-feira na faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires (UBA), aplicando prova para seus alunos da disciplina de direito penal.

"Não quis deixar de vir hoje para a faculdade de Direito da UBA para aplicar os exames finais para meus alunos de Direito Penal. A educação pública gratuita é um dos valores mais importantes que temos. Vamos defendê-la com o exemplo e com os recursos que ela merece ", escreveu o presidente ao postar uma foto sua nas redes ao lado de um aluno.

Fernández, que assumiu a Presidência na terça-feira passada, é professor de direito penal na universidade estatal há 30 anos e sua presença na instituição nesta sexta-feira movimentou o local por conta do forte esquema de segurança que agora o acompanha.

"Nós o vemos como um professor, não como o presidente. Conhece cada um de nós pelo nome e participamos do mesmo grupo de Whatsapp. É muito humilde e permanece o mesmo. Mas, como professor, é extremamente exigente, aqueles que não aprenderam, não aprovou e pediu a eles que estudassem mais", disse Analía Heredia, uma de suas alunas, ao canal de notícias TN.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.