Navigation

Presidente do Chile rechaça referência de Bolsonaro ao pai de Bachelet

Piñera participa de entrevista coletiva no Palácio La Moneda afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. setembro 2019 - 21:09
(AFP)

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, rejeitou nesta quarta-feira a menção feita por Jair Bolsonaro ao pai da ex-presidente chilena e alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, que morreu torturado durante a ditadura de Agusto Pinochet.

"Não compartilho a alusão feita pelo presidente Bolsonaro a uma ex-presidente do Chile e, especialmente, num assunto tão doloroso quanto a morte de seu pai", disse Piñera em comunicado público no Palácio do Governo.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.