Navigation

Presidente do Uruguai afirma que iniciou tratamento contra câncer e terminará mandato

(Arquivo) O presidente uruguaio, Tabaré Vázquez, oncologista treinado e campeão na luta contra o tabaco, sofre de câncer de pulmão afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. agosto 2019 - 18:24
(AFP)

O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, médico oncologista recentemente diagnosticado com câncer de pulmão, garantiu a um jornal local que já iniciou seu tratamento, e que terminará seu mandato em 1º de março.

"Que fique bem claro porque há quem diga: 'Não faça mais nada. E não é assim, vamos sair em 1º de março e governaremos até o último momento", disse Vázquez ao jornal La República nesta quinta-feira em relação aos projetos de lei apresentados por sua administração.

O Uruguai realizará eleições gerais em 27 de outubro e a Frente Amplio (esquerda), no poder desde 2005, busca alcançar seu quarto mandato consecutivo.

Vázquez, presidente entre 2005 e 2010 e eleito novamente para assumir o cargo em 2015, foi diagnosticado com câncer de pulmão há uma semana, depois que um nódulo pulmonar encontrado em um exame de rotina.

O presidente iniciou um tratamento de rádio em sua lesão no pulmão e "continuará desempenhando suas funções no governo regularmente", afirmou um comunicado divulgado pela Presidência.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.