Navigation

Skiplink navigation

Lições do modelo suíço de formação profissionalizante

Aprendizagem abre oportunidades para jovens sérvios

Na Sérvia, em média, 40% dos jovens estão desempregados. Agora o país está introduzindo um sistema de aprendizagens com assistência suíça. Isso dá aos jovens uma nova perspectiva. (SRF/swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 31. março 2019 - 12:30
swissinfo.ch

Recentemente, a primeira-ministra sérvia, Ana Brnabić, ressaltou a importância da Suíça para seu país, quando disse à televisão suíça que a Suíça desempenhou um papel fundamental na introdução de um sistema de educação dual, que combina aprendizado em uma empresa e formação em uma escola profissionalizante. A ideia é dar a mesma importância à formação prática que à formação teórica em universidades.

A Agência Suíça para o Desenvolvimento e a Cooperação (DDC) apoia a Sérvia com um total de 9 milhões de francos suíços para a introdução do sistema de educação dual. Isso não deve apenas ajudar a aumentar as oportunidades de trabalho para os jovens, mas também ajuda os empregadores a formar uma equipe especializada.

O conceito de aprendizado prático de acordo com o modelo suíço ainda é novo na Sérvia. Os jovens visitam cursos teóricos, mas quando se trata de ganhar experiência de trabalho real e encontrar um emprego, muitos fracassam.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo