Perspectivas suíças em 10 idiomas

Vacina contra nicotina será testada brevemente

Vacina contra nicotina agora será testada em humanos Keystone

Pesquisadores suíços elaboraram uma vacina aparentemente "eficaz" contra a nicotina. Os testes foram conclusivos em animais e nos próximos 12 meses devem começar os testes com fumantes e ex-fumantes, no hospital de St-Gallen, nordeste da Suíça.

O hospital de St-Gallen (nordeste da Suíça) vai testar uma vacina contra a nicotina, nos próximos 12 meses. Se os resultados forem conclusivos, os fumantes poderão ter o produto disponível no mercado dentro de 5 anos. No entanto estão faltando recursos para essa fase de testes.

A vacina foi desenvolvida pelos irmãos e Drs. Thomas e Erich Cerny. Thomas é oncologista em St-Gallen e Erich é especialista e imunologia e infecciologia em Genebra. Pesquisadores da Universidade de Lausanne também participaram.

A idéia incial dos cientistas era desenvolver uma vacina contra a dependência à cocaína e à heroína. Os trabalhos foram finalmente concentrados na nicotina.

“A vacina funcionou bem nos animais, é barato e muito eficaz”, afirmou Thomas Cerny. As pesquisas e desenvolvimento da vacina custaram 500 mil francos até agora mas estão faltando recursos para os testes clínicos (200 mil francos). Por enquanto, as empresas farmacêuticas ainda não demonstraram interesse pela pesquisa.

Com os testes clínicos, com fumantes e ex-fumantes, os pesquisadores vão verificar os efeitos secundários e a a dosagem da vacina. Admitem desde já que ela poderá ser na forma de “spray”.

Se os testes clínicos forem conclusivos, serão necessários milhões para a produção industrial da vacina. Os irmãos Cerny pretendem produzí-la em países em desenvolvimento, onde é maior o número de fumantes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) 80 p/cento dos fumantes vivem nos países em desenvolvimento (PVD). A OMS, que discute atualmente uma convenção internacional contra o tabaco, calcula que 10 milhões de pessoas por ano morrem de doenças ligadas ao vício de fumar.

70 p/cento das vítimas estão nos PVD, onde aumenta o número de fumantes e é menor a consciência dos riscos do tabaco para a saúde, conforme a OMS.

swissinfo com agências

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR