Navigation

Cristo Redentor conta história de Nova Friburgo aos suíços

Para comemorar o bicentenário da fundação de Nova Friburgo, a Associação Fribourg - Nova Friburgo instalou uma réplica do Cristo Redentor em um parque da Friburgo suíça. A estátua mede 12,5 metros. (ETAT DE FRIBOURG/AFNF)

Este conteúdo foi publicado em 01. maio 2018 - 16:36
swissinfo.ch
Conteúdo externo

De braços abertos para o parque, o Cristo Redentor suíço acolhe diariamente centenas de visitantes que passam para tirar uma “selfie” e conhecer um pouco da história da estátua, símbolo do Rio de Janeiro, e da irmã caçula da cidade suíça, situada na região serrana do estado do Rio. A réplica foi emprestada pela companhia aérea Edelweiss, que a fabricou para a inauguração da linha Zurique - Rio de Janeiro em 2016. Ela mede, a base incluída, 12,5 metros de altura e 7,7 metros de envergadura. Ela cuidará do parque até o dia 13 de dezembro.

"Estávamos à procura de um elemento visual forte para chamar a atenção e informar quem passa pela cidade", diz Raphael Fessler, presidente da associação Fribourg - Nova Friburgo, por trás do projeto. Em torno da estátua, vários painéis explicam a fundação de Nova Friburgo e a origem da atração turística carioca. Uma lista dos nomes das famílias do cantão de Friburgo que partiram para o Brasil há dois séculos também é visível e surpreende quem desconhecia esse lado da história suíça.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.