Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Mercado de trabalho Maternidade pode ser um risco para o emprego

Uma em cada sete mulheres trabalhando na Suíça perdeu o emprego porque se tornou mãe, segundo um novo estudo.

Pregnant woman in office, making phone call

O desemprego entre as mulheres de 25 a 34 anos é superior ao dos homens da mesma faixa etária

(Keystone/Gaetan Bally)

Quase 15% das entrevistadas em uma pesquisa disseram que estavam desempregadas involuntariamente há algum tempo após darem à luz uma criança, diz o jornal NZZ am Sonntag, que cita um estudo encomendado pela Secretaria Federal de Previdência Social. A principal razão é a falta de empregos a tempo parcial nas empresas.

Em outros casos, foi a falta de creches diurnas, de acordo com o estudo realizado pela consultoria BASSLink externo.

Os resultados se baseiam em uma pesquisa com cerca de 3.000 mulheres em licença maternidade.

Especialistas apontaram que a regra das 16 semanas, que protege as mães de serem despedidas, é muito curta para muitas mulheres.

Michael Siegenthaler, pesquisador do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, diz que há evidências estatísticas de que a maternidade pode ter um impacto no desemprego feminino.

No mesmo artigo do jornal de Zurique, Fredy Greuter, da Associação Suíça de Empregadores, aponta que muitas pequenas e médias empresas lutam para encontrar soluções para mulheres com filhos.

"Muitas mulheres preferem ter um pequeno emprego a tempo parcial. Mas não é possível para todos os perfis profissionais", diz.



swissinfo.ch/fh

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.