Perspectivas suíças em 10 idiomas

Rússia critica reação diplomática suíça à Ucrânia

kremlin
O Kremlin nega que estava por trás das violações do direito humanitário na Ucrânia. Keystone / Yuri Kochetkov

O Ministério das Relações Exteriores russo criticou o que chamou de compreensão "arbitrária" da história do Presidente suíço Ignazio Cassis, bem como a posição neutra da Suíça em relação à guerra da Ucrânia.

Em uma declaração publicada no Twitter na terça-feira pela embaixada russa em Berna, a porta-voz diplomática Maria Zakharova criticou Cassis (também Ministro das Relações Exteriores suíço) por uma entrevista que deu ao jornal luxemburguês Le Quotidien.

Na entrevista, Cassis disse que o ataque russo à Ucrânia marcou o encerramento “de uma era – desde o fim da Segunda Guerra Mundial – quando nenhuma nação soberana e democrática do continente [europeu] havia sido atacada”.

Para Zakharova, isto não é correto: “a erosão dos fundamentos do período pós-guerra e a destruição do direito internacional foram o resultado de bombas e mísseis lançados pela OTAN em cidades pacíficas da Iugoslávia em 1999”, disse a declaração russa.

“Esta interpretação arbitrária, baseada em motivos políticos”, é “totalmente inaceitável”, disse ela.

Mostrar mais

Violações

Zakharova também aproveitou a oportunidade para criticar a reação suíça às valas comuns descobertas em Bucha, na periferia de Kyiv, na semana passada.

O Ministério das Relações Exteriores suíço “ignorou nossa declaração detalhada após os crimes bárbaros cometidos pelo regime ucraniano em Bucha e Kramatorsk, e colocou sem reservas toda a responsabilidade do lado russo”, disse Zakharova.

Condenando tais “declarações” suíças, ela acrescentou que espera que, para o governo suíço, o princípio de neutralidade não se trate apenas de “palavras bonitas”.

A Suíça tem seguido as sanções da União Europeia contra a Rússia e tem condenado regularmente tanto a invasão quanto as supostas violações do direito humanitário internacional que têm surgido desde então.

Um mês atrás, após a onda inicial de sanções ter sido imposta, a Rússia já colocou a nação alpina em uma lista de cerca de 50 países “hostis”.

Contatado pela agência de notícias Keystone-SDA na terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores suíço recusou-se a dar uma resposta à declaração russa.

Mostrar mais
Vista do edifício russo na montra da loja.

Mostrar mais

Suíça listada pela Rússia como país “não amigável”

Este conteúdo foi publicado em Moscou publicou a lista na segunda-feira, depois de ter sido atingido pelas sanções financeiras ocidentais. Todos os negócios com empresas e indivíduos dos chamados “países hostis” agora têm de ser aprovados por uma comissão governamental, segundo a agência Reuters. A lista veio depois de um decreto presidencial de 5 de março que permite ao governo, empresas e cidadãos…

ler mais Suíça listada pela Rússia como país “não amigável”

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

imagem

Mostrar mais

Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior

Este conteúdo foi publicado em As mulheres jovens na Suíça têm agora mais probabilidade do que seus colegas homens de ter um diploma de nível superior, de acordo com o Departamento Federal de Estatística.

ler mais Suíças têm maior probabilidade de ter nível superior
imagem

Mostrar mais

Suíça quer dar primeiro passo para paz na Ucrânia

Este conteúdo foi publicado em A presidente da Suíça, Viola Amherd, espera que a primeira conferência de paz para a Ucrânia crie confiança e busque soluções para questões de segurança.

ler mais Suíça quer dar primeiro passo para paz na Ucrânia
imagem

Mostrar mais

Suíços querem viajar para longe do país

Este conteúdo foi publicado em A maioria dos suíços está planejando pelo menos uma viagem de férias este ano, apesar do aumento dos custos e da inflação.

ler mais Suíços querem viajar para longe do país
imagem

Mostrar mais

Suíça debate nome de família duplo

Este conteúdo foi publicado em Um projeto de lei que permitiria novamente que casais e parceiros registrados na Suíça tivessem um sobrenome duplo deu um passo adiante.

ler mais Suíça debate nome de família duplo

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR