Navigation

Relatório havia identificado o perigo

Keystone

Os ataques terroristas, o crime organizado, as catástrofes naturais e as tecnologias transfronteiriças são as principais ameaças a serem levadas em conta em uma nova política de segurança. A constatação de especialistas suíços consta do relatório Brunner, divulgado três anos atrás.

Este conteúdo foi publicado em 12. setembro 2001 - 12:36

Nada mais será como no tempo da guerra fria. Há uma emergência de Estados bandidos, berço de movimentos terroristas capazes de agir em qualquer lugar do mundo. Eles fogem de qualquer lógica política e constituem alianças "hostís aos valores ocidentais".

Defesa da Suíça

O relatório de especialistas suíços coordenado pelo diplomata Eduard Brunner, ex-embaixador em Washington, foi elaborado a pedido do governo como suporte para uma nova política de segurança.

Analisando as novas eventuais ameaças à Suíça, Brunner escreveu que a "solidão" dos Estados Unidos como única potência mundial era perigosa porque levaria à incapacidade de continuar assumindo o papel de polícia do mundo.

Contra os novos perigos (terrorismo, crime organizado e catástrofes naturais e tecnológicas), a defesa convencional perde importância, constatou Brunner, constantando a insuficiência de recursos financeiros, humanos e estratégicos para a prevenção e gestão de crises.

swissinfo com agências

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?