Perspectivas suíças em 10 idiomas

Crianças serão vacinadas se pais não concordarem entre si

vaccine
A única exceção seria uma contraindicação para a vacina. Keystone / Lukas Barth-tuttas

Se os pais discordarem sobre a vacinação contra o sarampo, as autoridades devem intervir no melhor interesse da criança, de acordo com a suprema corte suíça. 

Na quarta-feira (15), o Tribunal Federal decidiu que a decisão final deve ser baseada nas recomendações do Ministério da Saúde, que é a favor da vacinação contra o sarampo. 

As autoridades só podem intervir se as diferenças entre os pais ameaçarem o desenvolvimento da criança. Em particular, quando a criança é exposta a um sério risco de danos físicos.  

Em caso de desacordo entre os pais, a autoridade de proteção à criança ou um tribunal deve tomar uma decisão e ser orientada pela recomendação do Ministério de vacinar contra o sarampo. A única exceção seria uma contraindicação para a vacina.  

Os juízes enfatizaram que sua decisão não significa que as autoridades poderiam ordenar a vacinação de crianças quando os pais decidissem de comum acordo a recusá-la. Cabe aos legisladores decidir se a vacinação deve ou não ser tornada obrigatória.  

Neste caso específico, um pai havia pedido à justiça, no contexto de um divórcio, que ordenasse à mãe a vacinação de seus três filhos. Os juízes haviam recusado e a decisão havia sido confirmada pelo tribunal cantonal da Basileia.  O Tribunal Federal aceitou parcialmente o recurso do pai e reenviou o caso ao Tribunal da Basileia. Em particular, o tribunal deve determinar se há alguma contraindicação para a vacinação.

Mostrar mais
Mão segurando seringa

Mostrar mais

Ceticismo em relação à vacinação é fenômeno de país rico

Este conteúdo foi publicado em No início de fevereiro uma escola na Suíça viveu um surto de sarampo. As autoridades solicitaram então que 60 crianças não vacinadas ficassem em casa para que a doença não se propagasse. Não foi a primeira vezLink externo que uma das escolas da rede Waldorf foi vítima de uma epidemia de sarampo. Um porta-voz do…

ler mais Ceticismo em relação à vacinação é fenômeno de país rico

Preferidos do leitor

Os mais discutidos

Notícias

imagem

Mostrar mais

Suíços não se preocupam em perder empregos para a IA

Este conteúdo foi publicado em A inteligência artificial (IA) está influenciando a vida profissional cotidiana. Na Suíça, muitas pessoas já têm experiência com IA, inclusive em seus empregos.

ler mais Suíços não se preocupam em perder empregos para a IA

Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch.

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR

SWI swissinfo.ch - sucursal da sociedade suíça de radiodifusão SRG SSR