SWI swissinfo.ch nomeada a prêmio do jornalismo suíço

Graças à tecnologia, a jornalista Sibilla Bondolfi pôde trabalhar diretamente no mesmo local onde fazia sua reportagem, nos remotos Alpes suíços. swissinfo.ch

Uma reportagem publicada em outubro foi selecionada para o prestigioso prêmio Swiss Press Award. A indicação é um reconhecimento gratificante pelo nosso trabalho redacional.

Este conteúdo foi publicado em 28. abril 2020 - 10:30
swissinfo.ch
Os repórteres da SWI swissinfo.ch nomeados ao prêmio: Sibilla Bondolfi, Carlo Pisani e Daniel Rihs Swiss Press Award

Graças à internet, é realmente possível morar em qualquer lugar da Suíça? Até mesmo nas montanhas? A reportagem multimídia da SWI swissinfo.ch fornece a resposta. Ela foi publicada por nós em outubro de 2019 em 10 idiomas e agora foi indicada para o prestigioso Swiss Press Award.

Nossos repórteres Sibilla Bondolfi (texto), Carlo Pisani (vídeo) e Daniel Rhis (foto) quiseram saber por que as pessoas ficam embaixo da névoa das cidades quando o sol, o ar fresco e paisagens de tirar o fôlego estão tão próximos delas na Suíça. Será que a internet poderia satisfazer o desejo de mais espaço e empregos bem remunerados? "Visitamos pessoas que, graças à internet, podem morar e trabalhar nas montanhas sem perder o contato com a vida urbana. Elas nos mostraram como vivem e contaram como conseguiram construir um meio alternativo de ganhar a vida nas montanhas", diz Sibilla Bondolfi. 

Veja a reportagem:

"Estou muito satisfeita de ver que todo o trabalho dedicado a esta história esteja sendo reconhecido desta forma", diz Jo Fahy, chefe do departamento multimídia. A reportagem é o resultado de um trabalho de equipe entre nossas diversas redações e o serviço técnico. Ela mostra um novo lado da Suíça, lança uma luz sobre seu desenvolvimento e levanta outras questões.

Todos esses aspectos são de grande importância para o serviço internacional da SRG SSR, a Sociedade Suíça de Radiodifusão e Televisão: SWI swissinfo.ch publica informações consistentes e balanceadas para um público estrangeiro em dez idiomas, com qualidade e independência jornalística sempre em primeiro lugar.  


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo