Navigation

América Latina e Caribe superam os 5 milhões de casos de COVID-19 (balanço AFP)

Artistas participam de protesto em homenagem às vítimas fatais do novo coronavírus e em defesa da democracia no complexo cultural da República, em Brasília, 8 de junho de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. agosto 2020 - 22:01
(AFP)

A América Latina e o Caribe superaram nesta segunda-feira (3) os cinco milhões de contágios de COVID-19, sendo o Brasil o país da região mais afetado em termos absolutos.

O coronavírus soma 5.002.625 casos na região, 202.618 dos quais são óbitos. No Brasil, com uma população de quase 212 milhões de habitantes, os contágios totalizam 2.750.318 e as mortes, 94.665, desde o início da pandemia.

O Peru, com 32 milhões de habitantes, é o segundo país mais afetado pela pandemia na região, com 428.850 contágios e 19.614 mortos.

O país andino, que iniciou uma suspensão gradual do confinamento gradual em 17 de suas 25 regiões para reativar a economia semiparalisada, registra uma recidiva "significativa" dos casos, segundo o governo.

Desde que a flexibilização começou, em 1° de julho, e depois se autorizou o transporte nacional aéreo e terrestre, os contágios quase dobraram, passando de 3.300 diários para 6.300, de acordo com cifras oficiais.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.