Navigation

Boeing adia voo inaugural do 777X

Esta foto obtida em 21 de janeiro de 2020, cortesia da Boeing, mostra o Boeing 777X no chão durante um teste afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 23. janeiro 2020 - 12:38
(AFP)

A Boeing anunciou nesta quarta-feira o adiamento do primeiro voo do seu novo modelo de longo alcance 777X, previsto para a quinta-feira.

"Adiamos o primeiro voo 777X que estava previsto para amanhã, 23 de janeiro, por causas climáticas", informou a empresa, que analisa a possibilidade de fazê-lo na sexta-feira, 24.

O voo deve ocorrer na região de Seattle, onde está o Boeing Field, o gigantesco aeroporto do grupo.

A previsão do tempo prevê chuva e vento para a zona nesta quinta-feira.

Durante o voo inaugural, os aviões são submetidos a uma bateria de testes para verificar seu comportamento e garantir que cumprem as condições de segurança.

O 777X, com capacidade para transportar entre 384 e 426 passageiros, tem uma carteira de pedidos de 340 unidades, principalmente de grandes companhias aéreas, como Emirates, Lufthansa, Cathay Pacific, Singapore Airlines e Qatar Airways.

O aparelho da Boeing vai competir com o A350 do fabricante europeu Airbus.

Espera-se que o 777X consolide o domínio da Boeing sobre a Airbus no mercado de longa distância.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.