Navigation

Praias turísticas do sul do México têm acesso fechado por coronavírus

Vista aérea da praia de Acapulco, no estado mexicano de Guerrero, vazia em 2 de abril de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. abril 2020 - 23:14
(AFP)

As praias turísticas do estado de Guerrero (sul) fecharam nesta sexta-feira (3) devido à emergência sanitária pelo novo coronavírus e soldados patrulham os espaços para impedir o acesso de turistas.

A presença de banhistas nas populares baías de Acapulco e Zihuatanejo era escassa a poucos dias do início da temporada da Semana Santa, um dos feriados mais importantes do país.

Em Acapulco, soldados fecharam simbolicamente os principais acessos à baía com um cordão de bandeiras coloridas e um letreiro que diz "praia fechada". Também pediram a uma dezena de turistas para deixarem as praias.

"Vamos fazê-lo todos os dias para notificá-los de que não podem estar aqui, que é proibido por seu bem e o de todos nós", disse um dos soldados que atuam na operação de restrição de atividades nas praias.

Em Zihuatanejo, outro grupo de 20 efetivos da Guarda Nacional, da Marinha e pessoal da Proteção Civil percorreram a pé as principais praias para notificar os poucos visitantes sobre o fechamento destes espaços.

"Há uma proibição para ir às praias, por determinação federal, para privilegiar a saúde da população e evitar que aumente o número de casos", confirmou hoje o secretário de Saúde de Guerrero, Carlos de la Peña Pintos.

Apesar do chamado do governo de Guerrero a não visitar os destinos turísticos desta entidade, grupos reduzidos de turistas começaram a chegar esta tarde aos principais hotéis de Acapulco, que funcionam sob estritas medidas para evitar contágios.

O México registra até o momento 1.510 casos confirmados do novo coronavírus e 50 mortes.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.