Navigation

Explode demanda de acesso rápido à Internet

No fim de março havia 63 assinantes de ADSL Keystone Archive

Na Suíça a demanda da tecnologia ADSL aumentou mais de 20 vezes em um ano. A forte expansão deve continuar, a exemplo do que ocorre em outros países.

Este conteúdo foi publicado em 17. maio 2002 - 16:37

ADSL (abreviação inglesa para Assymetric Digital Subscriber Line) é sistema que instalado na linha telefônica separa, em função das freqüências, as chamadas por telefone, o fax e as conexões à rede da Internet. Com um modem especial, o usuário pode telefonar, passar fax ou navegar pela Rede.

Guerra de preços

A vantagem dessa tecnologia é utilizar os fios de cobre da linha comum para acelerar as transferências de dados. Se o modem comum permite transmissão de apenas 56 kbit/s, o usuário de ASDL pode escolher entre 4 velocidades que oscilam de 256 kbit/s a 2 Mbit/s.

A conexão pode ser permanente e relativamente barata porque não é cobrado o pulso telefônico por tempo de uso. Para atrair clientes, as duas principais operadoras suíças, Bluewin (filial de Swisscom) e Sunrise fazem verdadeira guerra de preços. Já se encontram assinaturas por cerca de 50 francos suíços por mês (cerca de € 34).

Segundo cifras que acabam de ser publicadas por Swisscom, em fim de março havia 63 mil usuários. Um ano antes eram apenas 2.500.

Lucros caem

Como comparação, no Brasil o acesso à Internet pela tecnologia ADSL duplicou nos 4 primeiros meses deste ano, passando de 40 a 80 mil. Telecom Brasil espera chegar a meio milhão até fim do ano que vem.

Apesar dessa expansão, Swisscom anuncia que o faturamento da empresa está estagnado. E estima que os lucros devem diminuir nitidamente no corrente ano.
No ano passado, Swisscom teve um lucro líquido de 4,96 bilhões de francos suíços (€ 3,4 bilhões), alta de 57%, em relação ao período anterior.

swissinfo

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?