Navigation

Lugano prepara mostra Chagall

Sede do Museu de Lugano. http://www.luganoturismo.ch/de

O Museu de Arte Moderna de Lugano confirma credibilidade internacional. Nos últimos anos expôs uma série de grandes pintores expressionistas. O ano 2001 deve ficar marcado pela mostra da obra quase completa do pintor russo, Marc Chagall.

Este conteúdo foi publicado em 02. janeiro 2001 - 16:39

Situado à beira lago do mesmo nome, o Museu de Lugano, sul da Suíça, abre em março uma exposição que é considerada "uma antologia praticamente completa da arte de Marc Chagall (1887-1985), pintor russo de origem judaica.

A mostra deve reunir 80 telas, apresentadas em ordem cronológica, dos primeiros anos do artista na Rússia, até as últimas produções do grande mestre, na França. O visitante terá oportunidade de admirar suas esculturas, aquarelas e outras obras sobre papel.

Com uma exposição sobre Francis Bacon, há 7 anos, o museu iniciou uma fase sobre o expressionismo que se desenvolveu nos anos seguintes: o alemão Emil Nolde (falecido em 1956), o francês Chaim Soutine (em 1943), o belga Constant Permeke (em 1952), o francês Georges Roualt (em 1958), o norueguês Edvard Munch (em 1944), o italiano Amedeo Modigliani (em 1920) e o alemão Ernst L. Kirchner (em 1938).

Assim na década de noventa, o Museu de Lugano, que tem sede na Vila Malpensata, conquistou um público fiel que na maioria vem da vizinha Itália e principalmente um renome internacional.

É com a colaboração de importantes museus, entre os quais o Museu de Arte Moderna de Paris, a Tate Gallery de Londres e o Museu Puskine de Moscou, a Villa Malpensata pode apresentar essa exposição sobre Marc Chagall aberta de 8 de março a 1° de julho.

(A partir do dia 15, o Museu de Lugano terá um site internet: www.museodartemoderna-lugano.ch)

Alessandra Zumthor/J.Gabriel Barbosa

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?