Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Concreto armado Obras arquitetônicas expostas no Instagram

O fotógrafo Philipp Heer, também conhecido como @lerichti, se tornou conhecido pelas imagens que publica sobre a arquitetura suíça no Instagram, seguido por mais de 63 mil pessoas. swissinfo.ch apresenta algumas delas.

Uma armação, uma porta, fachadas padronizadas - detalhes gráficos de prédios modernos em concreto. Esses atributos arquitetônicos, focalizados no trabalho de Philipp Heer, são parecidos com cartões postais que podem ser adquiridos em galerias de artes, mas que também podem ser divulgados através de portais como o Instagram.

Postagens fugazes de edifícios

Heer nutre uma paixão pela fotografia e arquitetura desde a mais tenra infância. Pare ele, pareceu então um progresso normal de divulgar o seu hobby através da internet. Quando ele começou a publicar na plataforma em 2015, escolheu  "@lericht" como nome de usuário. É uma combinação do pronome 'le' em francês e a área urbana em que vive, o areal "RichtiLink externo" em Wallisellen, um subúrbio de Zurique.

O Instagram é uma das redes sociais mais populares hoje em dia, onde mais de um bilhão de usuários publicam vídeos e fotos e as compartilham com suas comunidades.

swissinfo.ch conversou com @lerichtiLink externo para descobrir o que está por trás do seu trabalho.

swissinfo.ch: Arquitetura é uma paixão. O que você vê em fachadas de edifícios e por que fotografá-las?

Philipp Heer: Eu tenho uma memória ruim para rostos, mas nunca esqueço uma fachada. As vezes a fachada me parece o rosto de uma casa. Ao mesmo tempo, ela é como uma tela de pintura coberta de elementos gráficos.

swissinfo.ch: Por que suas imagens têm muitas vezes uma pessoa aparecendo em primeiro plano?

P.H.: Em primeiro lugar é uma questão de mostrar as proporções. Em segundo, é para trazer algo de humano à imagem e torná-la mais dinâmica. Muitas dessas pessoas são amigos meus, que por vezes preferem de caminham na frente dessas fachadas.

Quando estou viajando sozinho, pergunto a pedestres se eles poderiam caminha para mim. As vezes espero simplesmente que alguém esteja passe na rua. Pode demorar um pouco, já que as roupas têm de contrastar com a fachada.

swissinfo.ch: Como será o seu trabalho no Instagram em alguns anos? Ou você ver isso não como um trabalho, mas simplesmente um hobby?

P.H.: O Instagram é e continuará sendo um hobby. Ele me ajuda a estar me movimentando, viajando e descobrindo novas coisas, tanto na Suíça como no exterior. É uma boa forma de equilíbrio com o meu trabalho no escritório. Gosto muito do que faço.

swissinfo: Como você vê o Instagram influenciando o seu trabalho?

P.H.: Não é fácil dizer como essa plataforma estará se desenvolvendo. Eu vejo que os vídeos estão se tornando cada vez mais importantes, porém não tenho muito interesse neles. Eu gosto do Instagram como ele funciona hoje, mesmo se por vezes fico desapontado se uma foto não funciona tão bem. Atualmente considero-a a melhor plataforma para o meu trabalho. Se as condições mudarem no futuro, paro com ele.