Como são eleitos os políticos no Congresso suíço?

Voluntários fazem o controle dos votos na prefeitura de Lindau, no cantão de Zurique, durante as eleições de 2011. Keystone / Steffen Schmidt

As eleições federais na Suíça ocorrem em 20 de outubro. O exercício dos direitos democráticos não é necessariamente simples já que as listas eleitorais podem estar sujeitas a várias modificações. swissinfo.ch explica como funciona o sistema. 

Este conteúdo foi publicado em 14. agosto 2019 - 14:00

Em muitos países as eleições são bastante simples. Na verdade, as listas eleitorais são "fechadas", ou seja, não é possível modificá-las. Eleger é, portanto, escolher os candidatos ou o partido.

Na Suíça é mais complicado, pois as listas podem ser apresentadas de várias maneiras. Porém como elas funcionam?

Possibilidade 1: lista sem modificações

End of insertion
swissinfo.ch

A um cantão fictício tem direito a quatro assentos no Conselho Nacional (Câmara dos Deputados). As cédulas podem, portanto, conter no máximo quatro nomes de candidatos. Se a lista de um partido for inscrita tal como está, este recebe quatro votos: um por cada candidato inscrito na lista. 

Possibilidade 2: candidato(s) riscado(s) sem substituição

End of insertion
swissinfo.ch

Os candidatos cujos nomes foram riscados não recebem, naturalmente, nenhum voto. A lista do partido ainda recebe quatro votos, como se estivesse completa. 

Possibilidade 3: lista "mista"

End of insertion
swissinfo.ch

Uma lista "mista" é quando um candidato de uma lista é riscado e substituído por um candidato de outro partido. O partido da lista original perde um voto. Já o partido do candidato adicionado ganha mais um voto. 

Possibilidade 4: dois votos no mesmo candidato ("voto acumulado")

End of insertion
swissinfo.ch

Quando o eleitor quer dar um apoio mais forte a um candidato específico, ele pode escrever seu nome duas vezes na lista e, ao mesmo tempo, riscar nomes de outros candidatos, que perdem então um voto. No entanto, o número total de votos para a lista partidária não se altera. 

Possibilidade 5: lista vazia e escolha do partido

End of insertion
swissinfo.ch

O sistema eleitoral permita também fazer uma "lista vazia". O eleitor coloca simplesmente o nome de uma lista existente e, abaixo dela, os nomes dos candidatos de preferência. Os espaços vazios na lista ainda trazem votos ao partido designado. Atenção: a lista é inválida se nenhum nome de candidato for indicado. 

Possibilidade 6: nova lista

End of insertion
swissinfo.ch

O eleitor tem a possibilidade de criar uma nova lista ao inscrever na cédula o nome dos candidatos desejados. Neste caso, as linhas vazias deixadas em branco não trazem votos a nenhum partido. Cada partido recebe um número de votos equivalente ao número de candidatos inscritos na lista. Uma última observação: apenas uma lista pode ser colocada na urna.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo