Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Projeto ‘Papyrus’ Genebra regulariza 3.500 imigrantes ilegais

Estima-se que cerca de 3.500 imigrantes clandestinos que vivem em Genebra sejam regularizados através do programa "Papyrus", lançado em 2015. O prazo para a apresentação de pedidos no âmbito do projeto terminou em dezembro passado.

Undocumented migrants in Geneva

Inicialmente, cerca de 2.000 imigrantes clandestinos deveriam ser regularizados pelo programa Papyrus de Genebra - 3.500 já foram anunciados

(© Keystone / Salvatore Di Nolfi)

O programa para regularizar a situação dos imigrantes clandestinos de longo prazo em Genebra começou oficialmente em 20 de fevereiro de 2017, precedido por uma fase de testes iniciada em 2015. Desde então, 1.846 imigrantes ilegais em Genebra receberam uma autorização de residência tipo B. Entre eles, 365 famílias compreendendo 566 pais e 610 crianças, 14 casais sem filhos e 642 pessoas solteiras.

Outros 1.757 casos individuais apresentados antes do prazo de 31 de dezembro de 2018 estão sendo examinados, disseram as autoridades estaduais.

Acredita-se que cerca de 76 mil imigrantes ilegais vivam na Suíça. Destes, 13.000 só no pequeno cantão de Genebra.

Dos que são regularizados em Genebra, uma grande proporção são mulheres, a maioria da América Latina, que trabalham como domésticas (74%).

Devido ao grande engajamento das associações locais, que ajudaram os candidatos a preparar seus requerimentos, houve muito poucas rejeições. Apenas quatro casos, envolvendo sete indivíduos, foram recusados.


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.