Navigation

Projetos de integração

Keystone

Desde 2001, multiplicam-se os projetos das associações de estrangeiros e Ongs suíças para incentivar a integração dos estrangeiros na Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 05. novembro 2003 - 19:29

As verbas são autorizadas pelo Parlamento.

Há anos que as associações de estrangeiros e organizações não-governamentais suíças (ONGS) têm projetos para facilitar a integração dos estrangeiros.

A Suíça têm a segunda maior porcentagem (+ de 20%) de estrangeiros da Europa, depois de Luxemburgo.

Mas, desde 1991, esses projetos se multiplicam com um orçamento especialmente concebido para isso e aprovado anualmente pelo Parlamento.

São cursos de línguas nacionais suíças (alemão, francês, italiano, romanche), cursos profissionalizantes, integração entre associação de bairros e associações de estrangeiros, etc.

Os projetos são elaborados pelas asssociações e ONGs e submetidos à Comissão Federal de Estrangeiros. Depois de selecionados e orçados, uma verba é solicitada ao Parlamento.

Em 2002, foram aprovados 345 projetos em todo o país com verba mais de 12 milhões de francos suíços. Para 2004, a verba solicitada é de 14 milhões (US 10 milhões) e será sumetida à aprovação do Parlamento em dezembro.

swissinfo, Claudinê Gonçalves

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Em conformidade com os padrões da JTI

Em conformidade com os padrões da JTI

Mostrar mais: Certificação JTI para a SWI swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?