Navigation

Esquerda equatoriana inscreve substituto de Correa para vice-presidência

(Arquivo) O ex-presidente do Equador Rafael Correa afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 03. outubro 2020 - 02:59
(AFP)

Uma coalizão de esquerda registrou nesta sexta-feira (2) o jornalista Carlos Rabascall como candidato à vice-presidência do Equador, em substituição ao ex-presidente Rafael Correa, condenado à prisão por corrupção.

"Hoje, ao lado de @rabascallcarlos, inscrevemos #ElBinomioDeLaEsperanza (#AChapaDaEsperança)", escreveu o candidato presidencial da Aliança União pela Esperança (UNES), Andrés Arauz.

Por sua vez, Rabascall compartilhou imagens do momento em que a chapa registrou sua candidatura no Conselho Nacional Eleitoral (CNE).

“Mais um passo no caminho para recuperar a pátria, a dignidade das pessoas e os direitos de todos. Esta sexta-feira junto com @ecuarauz registramos a candidatura da Chapa da Esperança”, comemorou Rabascall.

A princípio, o companheiro de chapa de Arauz seria Correa, mas como o ex-presidente foi sentenciado pelo crime de suborno, perdeu seus direitos políticos.

Correa, presidente entre 2007 e 2017, foi julgado à revelia e condenado por suborno a favor de seu partido em troca de contratos com várias empresas durante seu governo.

O ex-presidente de 57 anos, que mora na Bélgica, alega sua inocência sob o argumento de ser um partido politicamente perseguido pelo governo de Lenín Moreno, seu ex-vice-presidente e ex-aliado.

Na quinta-feira, a autoridade eleitoral deu à UNES 48 horas para registrar um novo candidato à vice-presidência.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.