Navigation

México supera 500.000 casos de COVID-19

Um trabalhador esteriliza uma área na Cidade do México afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 14. agosto 2020 - 00:11
(AFP)

O México superou nesta quinta-feira (13) a marca de 500.000 casos confirmados de COVID-19, ao registrar 7.371 novas contaminações nas últimas 24 horas, informou o governo.

O país tem agora 505.293 casos confirmados, enquanto o número de óbitos soma 55.293, detalhou a secretaria de Saúde.

O primeiro contágio no México foi registrado em 28 de fevereiro e, desde então, o avanço da pandemia superou as estimativas iniciais das autoridades sanitárias.

o México, com 128,9 milhões de habitantes, é o oitavo país do mundo em número total de contágios. A taxa de casos para cada 100.000 habitantes, segundo estimativas da AFP, é de 387, o que o coloca na 57ª colocação no mundo.

Em número total de mortes, o país é o terceiro, atrás de Estados Unidos e Brasil.

O governo mexicano declarou uma quarentena em 23 de março, embora foram mantidas abertas atividades econômicas essenciais.

Segundo um estudo da Universidade de Oxford, dentro de um grupo de 15 países latino-americanos o México é o que realiza o menor número de testes de detecção de COVID-19 (7,96 para cada 100.000 habitantes).

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.