Navigation

Operação da polícia contra traficantes deixa 17 mortos em Manaus

Localização de Manaus, no norte do Brasil, onde pelo menos 17 narcotraficantes suspeitos foram mortos durante uma operação policial. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 30. outubro 2019 - 15:12
(AFP)

Uma operação da Polícia Militar contra um grupo de traficantes em Manaus deixou 17 mortos nesta quarta-feira, informaram fontes oficiais.

"Os policiais militares da Rocam e da Força Tática atuaram na hora e flagraram o chamado bonde. Houve resistência e os indivíduos trocaram tiros com os policiais. Na ocasião, 17 deles foram baleados e conduzidos ao Hospital 28 de agosto, onde foi constatado o óbito. A Polícia apreendeu durante a ação 17 armas de fogo", afirma um comunicado do Ministério da Segurança do Estado do Amazonas, cuja capital é Manaus.

Segundo a Polícia Militar, um grupo de traficantes foi interceptado na zona sul de Manaus e a facção criminosa se preparava para cometer homicídios de rivais com o objetivo de tomar o controle de bocas de fumo em um bairro local.

Vários grupos disputam o controle do tráfico de drogas no norte do país, uma área estratégica na fronteira com Colômbia, Peru e Bolívia, os maiores produtores de cocaína do mundo.

Várias mortes relacionadas a essa guerra ocorreram nos últimos anos.

Em janeiro de 2017, cerca de cem detentos foram mortos em vários distúrbios em presídios, principalmente em Manaus.

No final de julho, 57 bandidos foram mortos em um ajuste de contas entre facções em uma prisão no Pará.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.